Make your own free website on Tripod.com
Home | Coluna semanal em "O Primeiro de Janeiro" | M@ils do meu Moinho | A REVOLUÇÃO CONSTITUCIONAL EUROPEIA | Banca de trabalho // Working Papers | Arquivo de posições ultrapassadas sobre a Constituição Europeia II | Identidade, Etnocentrismos e Romance Histórico | DESFAZENDO MITOS UNIVERSITÁRIOS. entrevista ao Prof. François Vallançon | ECOS | Fotos | A sua coluna... | contacte-nos | Arquivos | Arquivo Histórico sobre Constituição Europeia I
HETEROXIAS, de Paulo Ferreira da Cunha

Arquivo de posições ultrapassadas sobre a Constituição Europeia II

Enter subhead content here

 

v. artigo in "Política"

No dia 21 de Junho de 2004, saí formalmente do projecto político plural que ajudara a fundar... Este artigo parecia já anunciar essa atitude. Os meses que se seguiram comprovariam, se preciso fosse, que me enganara completamente. Os tempos não estão para sínteses, nem para frentismos, e realmente pouco há de novo debaixo do sol político.
Tempo de clarificações, este nosso, em que julgo estarmos a retroceder civilizacionalmente (digamos assim), por regressarem muitos a oposições e até aversões que estavam adormecidas; mas em que, pelo menos, ninguém mais pode permanecer confundido ou enganado. Mantenho o texto tal como o escrevi na altura, para arquivo apenas. Não o escreveria assim hoje em alguns passos, claro. Porque entretanto me fui reencontrando ainda mais, tornando-me no que sou: agora sem frentismos e sem cedências em prol de bens "maiores" que se revelam sempre menores. A política é a mais humana das artes, e se o errar é humano, em política mais normal ainda. Continuo moderado, continuo a lutar pela Liberdade, pela Igualdade e pela Justiça, designadamente a justiça social. Nos valores não se muda. Mas estes valores já o defendo desde sempre.